Medida evita bloqueio de pagamentos dos benefícios do INSS até janeiro de 2021

O presidente do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) prorrogou por mais 2 competências, novembro e dezembro deste ano, a rotina de suspensão de benefícios previdenciários. A decisão foi tomada devido  a impossibilidade da execução do programa de Reabilitação Profissional por conta da pandemia do coronavírus.

O decreto, que pode ser conferido através da Portaria INSS nº 1.070/2020, evita o bloqueio de pagamentos dos benefícios do INSS até janeiro do próximo ano.

Dessa forma, o INSS não suspenderá os pagamentos de benefícios, referentes aos meses de novembro e dezembro, dos beneficiários que ficaram impossibilitados de participar do programa de Reabilitação Profissional.

 

Compartilhe essa notícia:
Maria Eduarda Alves Xavier2020-11-12T10:11:15+00:0012 de novembro de 2020|Noticias|